sexta-feira, 18 de maio de 2007

DARWIM SE ARREPENDEU

Charles Darwim, em 1860, confessou ao naturalista ASA GRAY que o olho lhe provocava arrepios. Em a Orígem das Espécies, Darwim afirma:" parece impossível ou até mesmo absurdo, reconheço-o, supor que o olho, com todos os seus inimitáveis aperfeiçoamentos que permitem o ajuste do foco às diferentes distâncias, a adaptação a diferentes quantidades de luz recebidas, e à correção das aberrações esféricas e cromáticas, seja um órgão formado pela seleção natural." (p.244-5)

Nenhum comentário: