terça-feira, 3 de julho de 2007

A MORTE DE FARFOUR

A TV Al-Aqsa, do Hamas, anunciou a morte de Farfour, rato semelhante ao Mickey que ganhou fama mundial por pregar a hegemonia do Islã e a luta armada em um programa para crianças chamado “Pioneiros do Amanhã”. No quadro final, o personagem é espancado até a morte por um ator vestido de oficial israelense que deseja adquirir as terras de Farfour, que foi martirizado defendendo as suas posses. Em um determinado momento, o rato chama o oficial de terrorista. A jovem apresentadora Sara acrescenta: “ele foi morto pelos que assassinam crianças”. Quando criou o personagem Farfour, a TV Al-Aksa foi duramente criticada pela mídia israelense, pela neta de Walt Disney (criador do Mickey) e até pela emissora Palestinian Broadcasting Services (PBS), por pregar a violência em um programa para crianças.

Como sempre, a violência na televisão e no cinema continua produzindo notícia.

Nenhum comentário: