sábado, 29 de novembro de 2008

HISTÓRIA DAS RELIGIÕES

Últimas Palavras de Grandes Homens - Alexander Seibel



Praticamente nada é mais esclarecedor do que o testemunho de moribundos. Mesmo mentirosos confessam então a verdade. Um olhar para o leito de morte revela muitas vezes mais dos que todas as grandes palavras e obras em tempo de vida. No momento em que pessoas se vêem confrontadas com a morte, muitas perdem suas máscaras e tornam-se verdadeiras. Muitos tiveram que reconhecer que edificaram sobre a areia, se entregaram a uma ilusão e seguiram a uma grande mentira.

Aldous Ruxley escreve no prefácio do seu livro "Admirável Mundo Novo", que se deveria avaliar todas as coisas como se estivessem sendo vistas do leito de morte.

"Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio" ( Sl 90:12 ), diz a Bíblia.

Voltaire, o famoso zombador, teve um fim terrível. Sua enfermeira disse! Durante toda a noite ele gritou por perdão.

David Hume, o ateu, gritou: "Estou nas chamas!" Seu desespero foi uma cena trerrível.

Heinrich Heine, o grande zombador, arrependeu-se posteriormente.. Ao final da vida, ele ainda escreveu a poesia:" Destruída está a velha lira, na rocha que se chama Cristo! A lira que para a má comemoração, era movimentada pelo inimigo mau. A lira que soava para a rebelião, que cantava dúvidas, zombarias e apostasias, Senhor, Senhor, eu me ajoelho, perdoa, perdoa minhas canções!

De Napoleão escreveu seu médico pareticular: " O Imperador morre solitário e abandonado. Sua luta de morte é terrível.

Cesare Borgia, um estadista: "Tomei providências para tudo no decorrer de minha vida, somente não para a morte e agora tenho que morrer completamente despreparado."

Talleyrand: "Sofro os tormentos dos perdidos.

Carlos IX ( França ): " Estou perdido, reconheço-o claramente.

Mazarino: " Alma, que será de ti?"

Hobbes, um filósofo inglês:"Estou diante de um terrível salto nas trevas."

Sir Thomas Scott, o antigo presidente da Câmara Alta inglesa: "Até este momento, pensei que não havia nem Deus, nem inferno. Agora sei e sinto que ambos existem e estou entregue à destruição pelo justo juízo do Todo-Poderoso.

Goethe"Mais luz!"

Nietzsche: "Se realmente existe um Deus vivo, sou o mais miserável dos homens."

Lênin morreu em confusão mental. Ele pediu pelo perdão dos seus pecados a mesas e cadeiras.

A nossa juventude revolucionária se assegura insistentemente e em alta voz, que isso não é verdade. Pois seria desagradável, ter que admitir que o ídolo de milhões se derrubou a si mesmo de maneira tão evidente.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Teologia da Prosperidade?Resposta ao Pastor Marcos Feliciano

QUEM FALA O QUE QUER OUVE O QUE NÃO QUER.

domingo, 16 de novembro de 2008

UM NÓ BEM APERTADO.


Este texto é para reflexão. O seu autor não foi identificado.

O NÓ DO AFETO


Era uma reunião de pais, numa escola da periferia e a diretora ressaltava o apoio que os pais devem dar aos filhos. Pedia-lhes também que se fizessem presentes o máximo de tempo possível...

Ela entendia que, embora a maioria dos pais e mães daquela comunidade trabalhasse fora, eles deveriam achar um tempinho para se dedicar às crianças e procurar entendê-las.

Mas, a diretora ficou muito surpresa quando um pai se levantou e explicou, com seu jeito humilde, que ele não tinha tempo de falar com o filho, nem de vê-lo durante a semana, porque, quando ele saia para trabalhar era muito cedo e o filho ainda estava dormindo...E, quando ele voltava do serviço já era muito tarde e o garoto não estava mais acordado. Explicou, ainda, que tinha de trabalhar assim para prover o sustento da família, mas também contou que isso o deixava angustiado por não ter tempo para o filho e tentava se redimir indo beijá-lo todas as noites quando chegava em casa. E, para que o filho soubesse de sua presença, ele dava um nó na ponta do lençol que o cobria. Isso acontecia, religiosamente, todas as noites quando ia beijá-lo. Quando o filho acordava e via o nó, sabia, por meio dele, que o pai tinha estado ali e o beijado. O nó era o meio de comunicação entre eles.

A diretora emocionou-se com aquela singela história e ficou surpresa quando constatou que o filho desse pai era um dos melhores alunos da escola.

O fato faz-nos refletir sobre as muitas maneiras de as pessoas se fazerem presentes, de se comunicar com os outros. Aquele pai encontrou a sua, que era simples, mas eficiente. E, o mais importante, é que o filho percebia, por meio do nó afetivo, o que o pai estava lhe dizendo.

Por vezes, importamo-nos tanto com a forma de dizer as coisas e esquecemos a principal, que é a comunicação através do sentimento.

Simples gestos, como um beijo e um nó na ponta do lençol valiam, para aquele filho, muito mais do que presentes ou desculpas vazias. É válido que nos preocupemos com as pessoas, mas é importante que elas sintam isso.

Para que haja a comunicação é preciso que as pessoas "ouçam" a linguagem do nosso coração, pois, em matéria de afeto, os sentimentos sempre falam mais alto que as palavras. É por essa razão que um beijo, revestido do mais puro afeto, cura a dor de cabeça, o arranhão no joelho, o medo do escuro.

As pessoas podem não entender o significado de muitas palavras, mas sabem registrar um gesto de amor. Mesmo que esse gesto seja apenas um nó cheio de carinho e afeto. Você já deu algum nó afetivo hoje?

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Quem nasceu primeiro.



Jeremias 22:13
Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça, e os seus aposentos sem direito, que se serve do serviço do seu próximo sem remunerá-lo, e não lhe dá o salário do seu trabalho.


A Bíblia, como sempre respondendo as perguntas mais embaraçosas.

Um amigo me perguntou se pirataria era pecado.

Eu respondi que a resposta estava na Bíblia.

Jeremias diz que aquele que se serve do serviço do seu próximo sem lhe dar a devida paga, ai dele. Logo, pirataria é pecado.

Em Mt 22:29 está escrito: Jesus respondeu:"Vocês estão enganados porque não conhecem as Escrituras nem o poder de Deus!"


Amados, a Bíblia tem resposta para tudo. Até diz quem nasceu primeiro, se o ovo ou a galinha.

Confira em Gênesis 1:21- " Assim Deus criou os grandes animais aquáticos e os demais seres vivos que povoam as águas, de acordo com as suas espécies;e todas as aves, de acordo com as suas espécies. E Deus viu que ficou bom."


Com se pode observar na leitura, Deus criou primeiro a galinha, e disse: sejam férteis e multipliquem-se! Então, a galinha passou a colocar ovos para poder perpetuar a espécie.

Leia a Bíblia, e você vai se surpreender com as respostas para as suas indagações.