quarta-feira, 21 de julho de 2010

REFLEXÃO - Poço Fundo


" Cavou um poço, e o fez fundo, e caiu na cova que fez."
" A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre sua mioleira."
( Salmos 7:15,16)

Hoje você descobrirá que não dá para se valer de suas próprias forças.

O Salmista cavou um poço fundo, e caiu nele. Cuidado para que não caia na sua própria teia; nem queira imitar a aranha, ela constroi a teia porque é a sua própria casa.
Não sejas duro com as pessoas, nem violento com seus pares.
A obra do mal cairá sempre na cabeça do seu feitor.


A justiça feita com as próprias mãos, não é justiça, é vingança. Deixe Deus fazer justiça por você. Ele é o justo juiz.
Pense nisso! Tenha um bom dia, na presença do Senhor.
J. Lanes

Nenhum comentário: