segunda-feira, 30 de maio de 2011

Não desanime...


" Não desanime, pode ser que a última chave do molho é a que vai abrir a porta." - Stanrifer Como diz o Pregador Stanrifer: a última chave do molho é a que vai abrir a porta. O ditado popular diz: a esperança é a última que morre. Mas a nossa esperança está em Cristo Jesus, o Salvador. O Senhor se agrada daqueles que o temem, e procuram se esconder debaixo se suas asas. Orar é a solução para o desânimo, e buscar auxílio em Deus é a melhor maneira de se conseguir o equilíbrio DESÂNIMO X FORÇA. " O Senhor é bom, é fortaleza no dia da angústia, e conhece os que nele se refugiam." Naum 1:7 Quando você procura auxílio em uma fortaleza feita de tijolos,supostamente para se livrar dos problemas, eis que te aparece como uma solução, aquele que pode, através do seu poder, te fortalecer e te tirar desse desânimo, físico e espiritual. " O Senhor vela pelos simples; achava-me prostrado, e ele me salvou." Salmos 116:6 José Lanes

sexta-feira, 27 de maio de 2011

FALSOS PROFETAS








Os
falsos profetas.




Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vem até vós vestidos como
ovelhas, mais interiormente são lobos devoradores.” Mateus 7:15



Como se proteger dos
falsos profetas?



Conhecendo
a Palavra de Deus, praticando-a sempre, é uma boa ferramenta para identificar
os arautos das falsas doutrinas, e identificar os que professam a mentira
profética.




Quando eu estava de viagem, rumo a Macedênia, te roguei permanecesses ainda em
Éfeso para admoestar a certas pessoas a
fim de que não ensinem outra doutrina” 1 Timóteo 1:3



O
Apóstolo Paulo admoesta a Timóteo acerca das falsas dourinas a os prejuízos que
possam advir delas.



Os
falsos profetas estão alheios e desviados da verdade.




Evita igualmente os falatórios inúteis e profanos, pois os que deles usam
passarão a impiedade ainda maior.” Gálatas 2:16



A
Palavra de Deus afirma que o ensino estranho à ela é maldição para quem a
pratica.




Mais , ainda que nós, ou mesmo uma anjo vindo do céu vos pregue evangelho que
vá além do que vos temos pregado, seja
anátema.” Gálatas 1:8



Por
tudo o que de errado praticam, serão castigados; é o que diz a própria Palavra
de Deus.




Assim diz o Senhor acerca dos profetas que fazem errar o meu povo, que clamam:
Paz! Quando tem o que mastigar, mas apregoam guerra santa contra aqueles que
nada lhes metem na boca.” Miquéias 3:5



Contudo,
ainda há entre nós os falsos profetas; que mesmo sabendo das penas que poderão
cair sobre eles, insistem em profetizarem mentiras.




Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as
Escrituras nem o poder de Deus.” Mateus 22:29







quarta-feira, 25 de maio de 2011

Dá com uma mão e tira com a outra.



Dilma assina decreto presidencial para patrocinar evento homossexual.

No dia 18 de maio último, a presidente Dilma assinou um Decreto convocando a II Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT” a ser financiada com os “recursos orçamentários da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República”.

Leia o Decreto na integra:

Diário Oficial da União Nº 95, quinta-feira, 19 de maio de 2011 ISSN 1677-7042 7

DECRETO DE 18 DE MAIO DE 2011

Convoca a II Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT.

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso VI, alínea “a”, da Constituição,
D E C R E T A :

Art. 1o Fica convocada a II Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT, que será realizada em Brasília, Distrito Federal, no período de 15 a 18 de dezembro de 2011, com o tema “Por um país livre da pobreza e da discriminação: promovendo a cidadania LGBT”.
Parágrafo único. A II Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de LGBT será realizada sob a coordenação conjunta da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e do Conselho Nacional de Combate à Discriminação, e terá os seguintes objetivos:

I – avaliar e propor as diretrizes para a implementação de políticas públicas voltadas ao combate à discriminação e à promoção dos direitos humanos e cidadania da população LGBT no Brasil;

II – avaliar a implementação e execução do Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT e propor estratégias para seu fortalecimento; e

III – propor diretrizes para a implementação de políticas públicas de combate à pobreza e à discriminação da população LGBT.

Art. 2o A II Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de LGBT será presidida pela Ministra de Estado Chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e, em sua ausência ou impedimento, pelo Secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos.

Art. 3o As etapas municipais da II Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de LGBT serão realizadas no período de 1o de junho de 2011 a 31 de agosto de 2011.

Art. 4o As etapas estaduais da II Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de LGBT serão realizadas até o dia 31 de outubro de 2011.

Art. 5o O regimento interno da II Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de LGBT será proposto pelo Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de LGBT e aprovado pela Ministra de Estado Chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Art. 6o As despesas com a organização e realização da etapa nacional da II Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de LGBT correrão por conta dos recursos orçamentários da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Art. 7o Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 18 de maio de 2011; 190o da Independência e 123º da República.

DILMA ROUSSEFF
Maria do Rosário Nunes

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Qual é a prioridade?


Algumas pessoas me perguntam sobre qual a prioridade nas nossa vidas, com relação à igreja.
A resposta é pronta:
Primeiro: Deus; segundo: família; terceiro: trabalho; quarto: igreja.
Diante desta resposta, um amigo me tomou por algum tempo.
Queria ele uma explicação: Como poderia a esposa dele ficar na igreja toda a parte da manhã, até 12, 13 horas da tarde?
O motivo da pergunta seria a falta que ela fazia para preparar o almoço, já que ele não é crente, e fica em casa aguardando até a hora que ela chega, para então, ir preparar o almoço, que sai tarde.
Alguns pastores ou líderes, realmente não usam de sabedoria junto ao seu rebanho, e até exige a presença de todos na igreja até bem tarde.
Claro que a esposa tem que atender à família no mínimo necessário para não desagradar o marido e filhos, principalmente na hora das refeições, que devem ser feitas com todos juntos à mesa.
Seria bom que todos tivessem um horário que fosse de acordo com as obrigações da família.
É por isso que Deus está em primeiro lugar e a família em segundo lugar.
" Mas se alguma viuva tem filhos, ou netos, aprendam, primeiro a exercer a piedade para com a sua própria casa, e a recompensar a seus progenitores; pois isto é aceitável diante de Deus."
1 Timóteo 5:4
E o trabalho? É a prioridade terceira. Por quê?
Necessita o homem do trabalho, pois dele será o sustento da sua família.
Pode tudo isso dar certo? Sim! Tudo se encaixa, tendo horário, sabedoria, paz, harmonia e, vontade de servir ao Senhor.
E a igreja agradece por tudo isso porque terá menos problemas para resolver, e seus líderes mais tempo para a parte espiritual.
" Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem." Salmos 128:2

terça-feira, 10 de maio de 2011

Breve Jesus Voltará!


O que você faria hoje, se tivesse certeza de que Jesus iria voltar amanhã?
Pense um pouquinho antes de responder.
Muito bem, você já respondeu?
Se sim, responda a esta outra pergunta:
Você crê que Jesus voltará em breve?
Pense mais um pouquinho antes de responder.
Pois bem, já respondeu?
Certo. Então você está vivendo cada dia, na expectativa da volta de Jesus?
Essa expectativa nos leva a uma vida de comunhão com o Senhor, aguardando ansiosamente a sua vinda.
A igreja do Senhor nos dias dos Apóstolos, foram ensinadas, meticulosamente, nessa alentadora esperança; que o Senhor em breve voltaria.
E Ele vai voltar.
Não sabemos quando, mas os tempos nos mostram que Ele está às portas.
Por isso, nós, como igreja do Senhor devemos exercer influência poderosa no meio em que vivemos, dando testemunho da verdadeira Palavra de Deus, influenciando as pessoas para que suas almas sejam salvas.
Vejam essas passagens bíblicas:
" Venho sem demora. Conserva o que tens, para que ninguém tome a tua coroa."
Apocalipse 3:11
O Apóstolo Paulo fala sobre essa vindas:
" Irmãos, relativamente aos tempos a às épocas, não há necessidade de que eu vos escreva." 1 Tessalonicenses 5:1
O profeta Joel faz uma advertência:
" O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes que venha o grande Dia do Senhor." Joel 2:31
Portanto, amados, sigamos e prossigamos juntos com Cristo para o alvo!

sábado, 7 de maio de 2011

Mas Nunca é Tarde!

Acabou a expectativa.
O STF, enfim, aprovou por unanimidade a união entre homossexuais no Brasil.
Queríamos entender o que se passa pela cabeça dos senhores julgadores, mas isso não nos é permitido por aquele que nos criou: Deus.
No entanto, os senhores julgadores, também não são capazes de saber o que se passa por suas cabeças, quando se deixam levar pelos anseios de uma meia dúzia de obstinados por uma coisa horrível, detestada por Deus, que é o homossexualismo. Não sabem o que pensa Deus, sobre essas decisões esdrúxulas, porque, se no mínimo tivessem conhecimento do que pode advir da desobediência da Palavra de Deus, com certeza o resultado seria outro.
" Com homem não te deitarás, como se fosse mulher: é abominação." Levítico 18:22

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Britto dá voto favorável à união gay no STF

Com um voto favorável a estender para os casais gays os mesmos direitos e deveres dos casais heterossexuais, o Supremo Tribunal Federal (STF) retoma amanhã o julgamento das duas ações que pedem que as uniões homoafetivas sejam equiparadas às uniões estáveis. O relator da ação, ministro Carlos Ayres Britto, o único a se manifestar na sessão de hoje, votou por estender para as uniões entre pessoas do mesmo sexo os mesmos direitos e deveres previstos para os casais heterossexuais.

Pelo voto do ministro, os casais homossexuais teriam direito a se casar, poderiam adotar filhos e registrá-los em seus nomes, deixar herança para o companheiro, incluí-lo como dependente nas declarações de imposto de renda e no plano de saúde.

Dentre as razões para a decisão, Britto lembrou que a Constituição veda o preconceito em razão do sexo das pessoas. Além disso, afirmou que a Constituição, ao não prever a união de pessoas do mesmo sexo, não quis com essa lacuna proibir a união homoafetiva. "Nada mais íntimo e privado para os indivíduos do que a prática da sua sexualidade", disse.

No entendimento do ministro, se a união gay não é proibida pela legislação brasileira, automaticamente torna-se permitida. E sendo permitida a união homoafetiva, ela deveria ter os mesmos direitos garantidos para as uniões estáveis de heterossexuais.

Logo depois de seu voto, por volta das 19 horas, o julgamento foi interrompido e será retomado amanhã com o voto do ministro Luiz Fux. A tendência, de acordo com integrantes da Corte, é reconhecer a união homoafetiva como união estável.