sexta-feira, 2 de outubro de 2009

OLIMPÍADAS


O Rio de Janeiro vai bancar as olimpíadas de 2016.

Mais ou menos 4 bilhões serão investidos.

O INTO ( Instituto de Traumato- Ortopedia ) está a todo vapor. Obra faraônica. Tudo bem! O Rio merece, e a população muito mais.

O grande problema é o depois. Depois dos jogos olímpicos. Como vão ficar os restos mortais da estrutura.

O PAN é uma prova de que nada do que se prometeu foi cumprido. O legado foi relegado. Até o Engenhão está se acabando.

A malha rodoviária está cada dia mais complicada, o trânsito é caótico, segurança nem se fala.

Cada dia mais complicado está para se andar no Rio. Assaltos, sequestros, ônibus queimados; só nessa semana foram três; milícia é uma delícia; tem para tudo que é lugar.

Os "fora de lei" não respeitam ninguém, e a polícia é impotente para suportar o tranco.

Isso tudo sem se falar que não temos hospitais aparelhados, rede de atendimento ao turista, transporte deficiente, falta o mínimo do suficiente exigido.

Vamos ver se após o evento, nossas crianças continuarão sem professores, e ainda com salários ínfimos, médicos com salários vergonhosos, e por ai vai.

Tomara que eu possa voltar neste espaço e me retratar. Faria isso com a maior alegria.

E já ia me esquecendo. O saneamento. Como anda o saneamento?

Ao que me consta muita coisa está sendo colocada como inaugurada, mas no fundo, na verdade mesmo, falta a continuidade, o investimento da manutenção.

Vamos dar tempo ao tempo!

Nenhum comentário: