segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Atleta cristão.


" Fiz-me fraco para com os fracos, com o fim de ganhar os fracos. Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, para todos os modos, salvar alguns."


" Tudo faço por causa do evangelho, com o fim de me tornar cooperador com ele."


" Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis."


" Todo atleta em tudo se domina; aqueles para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível." ( 1 Corintios 9: 22-25 )




O nosso país é um país de muitos atletas,


Atletas que, muitas vezes se dizem cristãos.


Correm atrás do primeiro lugar em tudo que praticam.


Seja em equipes ou individualmente.


Somente um detalhe separa o vencedor do restante dos competidores: O vencedor que buscou a vitória, recebeu uma coroa corruptível. Uma coroa que vai enferrujar, pendurada na parede, talvez!


E os que perderam?


Não receberam essa coroa, mas com certeza, e forem fiéis ao Senhor, irão receber a coroa incorruptível, aquela que não enferruja, porque foi conquistada pensando nos que não tinham condições, talvez de chegar até o final da prova. Estavam ali para salvar alguns.


Muitos dos que correm nos estádios, correm para ajudar aqueles que não conseguem, por um motivo qualquer, chegar até ao pódio.


Esses são os vitoriosos, os donos da coroa incorruptível.


Vários são os que participam de disputas, para salvar alguns, que por ventura possam ser alcançados.




NEM SEMPRE O PÓDIO É A VITÓRIA




J. LANES




sábado, 27 de novembro de 2010

Fuja...


" Eu vos batizo com água, para arrependimento; mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo." ( Mateus 3: 11 )




Quando e como resistir aos apelos mirabolantes de certas igrejas?




Na verdade, fuja da igreja que promete prosperidade, que promete unção com óleo vindo desse ou daquele lugar.


Que promove corrente para libertação, corrente para para afastar feitiçarias, demônios.


Fuja quando te prometerem sucesso no casamento e sucesso financeiro em troca de dízimo.


Não acreditem em lugares onde todas os dias acontecem manifestações de demônios.


A única manifestação que deve haver dentro da igreja, é manifestação do Espírito Santo.




Saiba discernir o que é de Deus e o que vem do homem.


Tire suas dúvidas: LEIA A BÍBLIA!




Paz a todos os que amam e aguardam a vindo do Senhor Jesus.




J. Lanes


quarta-feira, 24 de novembro de 2010

A EFICÁCIA DA ORAÇÃO

O sacrifício do Senhor Jesus, nos deu a oportunidade de nos comunicar diretamente com o Pai.
A partir da entrega de sua vida por nós, na cruz do Calvário, o véu do templo foi rasgado, simbolizando que a barreira que existia entre Deus e nós foi desfeita por completo.

Mateus 27: 51,52 - " Eis que o véu do santuário se rasgou em duas partes, de alto a baixo: tremeu a terra, fendeu-se as rochas, abriram-se os sepulcros e muitos corpos de santos, que dormiam, ressuscitaram."

Após esse fato nós passamos a ter acesso irrestrito ao Pai.
João foi enfático ao dizer: " se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve" - 1 João 5:14

Clame ao Senhor, tendo a certeza de que, Ele ouvirá, e também nos dará uma resposta, no tempo d'Ele.

Que as bênçãos do Todo-Poderoso possam abundar em nossa vidas.

J. Lanes

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Riqueza nos céus...

" De fato, grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento."
" Porque nada temos trazido para o mundo, nem cousa alguma podemos levar dele;"
" Tendo sustento e com o que nos vestir, estejamos contentes." ( 1 Timóteo 6: 6-8 )

Devemos estar contentes com aquilo que temos, pois foi o que Deus nos deu. Contentemo-nos então!
Aqueles que procuram acumular riquezas, certamente sofrerão por causa dela.
A Palavra de Deus nos adverte para que nós não acumulemos riquezas na terra, porque aqui estamos sujeitos à ação da ferrugem, da traça, do ladrão, etc.
Devemos acumular, sim, riquezas nos céus.
O que vemos hoje em muitas igrejas?
Pregações enfatizando a Teologia da Prosperidade.
Acumulação de riquezas na terra,
Pregação contrária à Palavra de Deus.
Irmãos, afastem-se desse tipo de teologia.

" Se alguém ensina outra doutrina e não concorda com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com o ensino segundo a piedade, é enfatuado, nada entende, mas tem mania por questões e contendas de palavras, de que nascem inveja, provocação, difamações, suspeitas malignas." ( 1 Timóteo 6:3,4 )

LEIA A BÍBLIA TODOS OS DIAS.

J. Lanes

domingo, 14 de novembro de 2010

O AMOR NÃO É CEGO.


Ouvimos dizer com frequência que o amor é cego.


Nada mais mentiroso que esta afirmação não há.


Veja o que diz o a primeira epístola de João, no capítulo 4, versículo 20:




" Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a QUEM VÊ, não pode amar a Deus, a quem NÃO VÊ."




Portanto, irmãos, não digam frases que possam parecer bonitas, agradáveis para quem pratica, mas, na verdade, não estão de acordo com a Palavra de Deus.


Não se pode amar ninguém na escuridão. Só o diabo trabalha para enganar, na escuridão do seu esconderijo.




Outro exemplo de frase quem cansamos de ouvir:




A filha chega para a mãe e diz: Mãe, arrumei um namorado, e ele é um anjo que caiu do céu pra mim.


Ora, anjo que caiu do céu? Todos sabemos o seu nome.


Vamos frequentar as EBD´S de nossas igrejas. Aprendamos a Palavra de Deus para não nos enganar, principalmente com a ajuda do inimigo. É o que ele quer; que não saibamos nada sobre a Palavra.




Um bom feriado a todos, em nome de Jesus.




J. Lanes

sábado, 13 de novembro de 2010

Bênção do Quebrantamento


" O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu, para pregar boas-novas ao quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação ao cativos, e a por em liberdade os algemados." ( Isaias 61:1 )




O profeta anuncia, que recebeu de Deus uma mensagem de consolação, para anunciar e pregar boas-novas a todos aqueles que estavam com problemas, tanto de cura para um coração doído, tanto para a libertação dos que estavam se sentindo, de algum modo amarrados à forças do mal, e, também para anunciar que já estava na hora de soltar as amarras dos que se sentiam presos e oprimidos.


Diz o profeta, que veio a proclamar um ano aceitável do Senhor, e consolar a todos os que choram.


Lembremos que: .... o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã - Salmos 30:5


Logo, devemos estar ligados nas promessas do Senhor, porque a bênção do quebrantamento estará sobre nós.


Que sejam todos abençoados, em o nome do Senhor Jesus.




J. Lanes

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Conhecendo um pouco do Mar Morto.


No tempo de Jesus Cristo, o deus grego dos pastores era venerado junto as fontes do Jordão.

O deus com pés de cabra levava aos lábios a flauta, como se quisesse modular uma canção para acompanhar o Jordão em sua longa viagem. A cinco quilômetros daquela fonte, para os lados do oeste, ficava a bíblica Dan, o sítio mais setentrional do país, repetidamente citada na Bíblia. Também ali, na encosta sul do Hermon, brotava uma nascente de águas claras. Uma terceira fonte desce de um vale situado mais acima. O fundo do vale fica pouco acima de Dan, quinhentos metros acima do nível do mar.

Onde o Jordão atinge o pequeno lago Huleh, vinte quilômetros ao sul, o leito já baixou até dois metros acima do nível do nível do mar.

Depois o rio se precipita por um espaço de pouco mais de dez quilômetros até o lago de Genesaré.

Em seu curso, das vertentes do Hermon até esse local, num trecho de quarenta quilômetros apenas, desceu setecentos metros.

Do lago Tiberíades, os membros da expedição americana desceram o Jordão em dois barcos de metal, percorrendo seus meandros. Gradualmente sua vegetação ia se tornando mais esparsa.

Só nas margens do rio ainda havia moitas espessas, Sob o sol tropical, surgiu a direita um oásis > Jericó.

Pouco depois chegaram ao seu destino.

Entre penhascos talhados quase a prumo, estendia-se a sua frente a vasta superfície do Mar Morto.

A primeira coisa que fizeram foi tomar um banho. Os homens que saltaram na água tiveram a impressão de que vestiam salva-vidas, tal a maneira como foram impelidos para cima.

As antigas narrativas não haviam, pois, mentido. Naquele mar, ninguém podia se afogar. O sol escaldante secou a pele dos homens, quase instantaneamente.

A fina camada de sal que a água deixara em seus corpos fazia-os parecerem completamente brancos.

Ali não havia moluscos, peixes, algas, corais, nada. Naquela mar não navegava um barco de pesca.

Não havia frutos do mar nem frutos da terra. Suas margens desoladas e nuas. As costas do mar e as faces dos rochedos lá no alto, cobertas de enormes camadas de sal endurecido, brilhavam ao sol como diamantes. A atmosfera estava saturada de cheiros acres e penetrantes. Cheirava a petróleo e enxofre.

Sobre as ondas flutuavam manchas oleosas de asfalto, o que a Bíblia chama de betume. Gn 14:10

Os barcos americanos cruzaram o Mar Morto durante vinte e dois dias. Tomaram amostras de água, analisavam-nas, e a sonda era lançada ao fundo continuamente.

Verificaram que a foz do Jordão, no Mar Morto. ficava trezentos e noventa e três metros abaixo do nível do mar.

Se houvesse uma comunicação com o Mediterrâneo, o Jordão e o lago de Genesaré, distante cento e cinco quilômetros, desapareceriam. Um imenso mar interior se estenderia até as margens do lago Huleh.

" Quando uma tempestade irrompe naquela bacia de penhascos", observa Lynch; " as ondas golpeiam os costados do barco como marteladas, mas o próprio peso da água faz com que em pouco tempo se aplaquem, depois que o vento cessa."

Através do relatório da expedição, o mundo do ficou sabendo pela primeira vez de dois fatos espantosos.

O Mar Morto atinge quatrocentos metros de profundidade; o fundo do mar fica, portanto, cerca de oitocentos metros abaixo da superfície do Mediterrâneo.

A água do Mar Morto contém cerca de trinta por cento de elementos componentes sólidos, a maior parte constituída por Cloreto de Sódio ( sal de cozinha ).

Os oceanos contém apenas de quatro a seis por cento de sal. Nessa bacia de setenta e seis quilômetros de comprimento por dezessete de largura desembocam o Jordão e muitos rios menores.

Sob o sol escaldante, evaporam-se, dia após dia, oito milhões de metros cúbicos de água de sua superfície. As matérias químicas que esses rios conduzem permanecem nessa bacia de mil duzentos e noventa e dois quilômetros quadrados de superfície.


Fonte: Geografia Bíblica - SBTCRJ - 2004

J. Lanes

sábado, 6 de novembro de 2010

Transformando bênção em maldição?


" Naquele dia se leu para o povo no livro de Moisés; achou-se escrito que os amonitas e os moabitas não entrassem jamais na congregação de Deus, porquanto não tinham saído ao encontro dos filos de Israel com pão e água; antes assalariaram contra eles a Balaão para os amaldiçoar; mas o nosso Deus converteu a maldição em bênção." ( Neemias 13:1,2 )
O título foi posto de propósito, para provocar a polêmica, e, consequentemente o debate.


Os amonitas eram povo descendente de Amon ou Ben-Ami; filho de Ló.

Este povo associou-se com os moabitas para subornarem o profeta Balaão que devia amaldiçoar os israelitas, e, por isso, foram excluídos da congregação do Senhor até a décima geração.

Por sua vez, os moabitas eram descendentes de Moabe, filho de Ló.

Eram intimamente ligados aos amonitas. Gn 19:37,38.

Os moabitas mostravam muita camaradagem com os israelitas por interesses comerciais, porém não davam permissão para atravessarem o seu território. Jz 11:17


Esse intróito é mais uma oportunidade de conhecermos algo sobre esse povo.


_ Para Deus não há impossível. Apesar das manobras feitas pelos amonitas e moabitas contra o povo de Israel, o nosso Deus converteu a maldição em bênção.

Quando houver alguém atravessando os seus caminhos, e proclamando maldição para sua vida, não murmure.

Deus está no controle de tudo, e está pronto para reverter essa situação.

A bênção na sua vida será ordenada por Deus. Ele dará ordens aos seus anjos para se colocarem ao seu lado, e a maldição se transformará em bênção. Apenas e tão somente ore, porque as bênçãos são promessas de Deus na sua vida, nas nossa vidas.

Obedeça as ordenanças de Deus, porque elas são o motivo para uma vida abençoada nos caminhos de Senhor.

Tão somente ore. Espere, pois o tempo de Deus não é o nosso tempo, mas ele virá no momento certo.

Oriente-se com Deus; o nosso Pai e Mestre.


J. Lanes

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Dupla Honra


Eu li, escrito em uma Kombi, no Rio de Janeiro o seguinte:


" A cada dia de vergonha, Deus te dará dois dias de honra."


Fui procurar na Palavra, e encontrei em Isaías 61:7 esta palavra, escrita sob o olhar das boas novas da salvação.


" Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra, em lugar da afronta exultareis na vossa herança; por isso na vossa terra possuireis o dobro e tereis perpétua alegria." (Isaías 61:7)


Irmãos, se algum dia, alguém te envergonhar, não reclame.


Como diz o texto, na Kombi: "para cada dia de vergonha, Deus te dará dois dias de honra."


Seja confiante; Deus não te deixará à margem da estrada.


Quando o motorista do ônibus não parar para você, logo, logo, virá um carro de passeio e você terá uma carona, no maior conforto, com Jesus na direção.


Deus é maior.


Assim como fez com Jó, Ele não hexitará em fazer com você também!


Dupla honra, é o que está preparado para os que o ama.


Esta palavra levada à sério é o caminho certo para se chegar à perpétua alegria, e, consequentemente a uma aliança eterna com o Pai.




J. Lanes


terça-feira, 2 de novembro de 2010

Brasil Novo?


" Laço é para o homem o dizer precipitadamente: É santo, e só refletir depois de fazer o voto."


( Provérbios 20:25 )




É verdade que, quando decidimos precipitadamente sobre algo, é provável que possamos decidir erradamente.


Não é diferente sobre eleições.


No dia 31/10/2010, tivemos a oportunidade de votarmos para presidente de nosso país.


Decidimos certo? Ou decidimos errado?


Com certeza não foi uma escolha feita com todos os ingredientes que queríamos, mas foi o que se nos apresentou.


Decidimos precipitadamente?


Tivemos algum tempo para isso.


No entanto, foram tantas as informações nebulosas sobre um e outro candidato, que acabamos decidindo precipitadamente sobre um, que achamos ser o melhor.


Será que depois de votarmos, é que fomos refletir no que fizemos e sobre o nosso voto?


Se foi assim, só nos resta torcer para o eleito usar de suas atribuições para contornar todos os problemas por que passamos.


Governar, hoje, seria juntar a força dos jovens com a experiência dos mais velhos, conforme nos ensina a Palavra de Deus.


"O ornato dos jovens é a sua força e a beleza dos velhos as suas cãs." ( Provérbios 20:29 )


Que Deus tenha misericórdia do Brasil.




J. Lanes