domingo, 24 de julho de 2011

A grande tempestade.


Mc 4:35-41

35. Naquele dia, sendo já tarde, disse-lhes Jesus: Passemos para a outra margem.

36. E eles, despedindo a multidão, o levaram assim como estava, no barco; e outros barcos o seguiam.

37. Ora, levantou-se grande temporal de vento, e as ondas se arremessavam contra o barco, de modo que o mesmo já estava a encher-se de água.

38. E Jesus estava na popa, dormindo sobre o travesseiro; eles o despertam e lhe dizem: Mestre, não te importa que pereçamos?

39. E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Acalma-te, emudece! O vento se aquietou e fez-se grande bonança.

40. Então lhes disse: Por que sois assim tímidos? Como é que não tendes fé?

41. E eles, possuídos de grande temor, diziam uns aos outros: Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?

A leitura acima nos leva a entender as duas naturezas de Jesus: A natureza humana e a natureza divina.

Quando Jesus está dormindo no barco, é mostrada a sua humanidade, ao passo que quando dá ordens às tempestades, deixa transparecer a sua natureza divina.

No verso 35, Marcos dá um detalhe: à tarde, indica que o sol já vai se pondo, como em Marcos 15:42; e em outros textos esse detalhe diz respeito a alguma horas depois do pôr do sol.

Ao cair da tarde, e por ser o dia da preparação, isto é, a véspera do sábado .”

A grande tempestade significa uma redundância, que lembra a violência da tempestade, mas mesmo assim o Senhor Jesus dormia no barco.

O desespero dos discípulos, que lamentavam o fato de Jesus ter aquele comportamento os deixavam preocupados, mas, ao mesmo tempo eles colocavam toda sua fé no Senhor Jesus, o qual conheciam como Mestre divinal.Quando Jesus repreendeu o vento, literalmente ele deu um grito. No grego, repreendeu significa “ deu um grito “ ( epetìmesen )

Esse gesto deixou os discípulos à vontade quanto ao que poderia ser um grande perigo.

Foi ai que o Senhor disse para os discípulos: Ainda não tendes fé?

Esta mensagem serve para nos encorajar acerca de nossas dúvidas, de nossos medos, de nossas aflições, etc.

O Senhor Jesus está no controle de tudo; basta que coloquemos nossos problemas em suas mãos.

Nenhum comentário: